Valle Nevado: como chegar

13/07/2015 - por


Reservei um dia da minha viagem a Santiago para conhecer o Valle Nevado. Há quem viaje apenas com a intenção de esquiar, mas não era meu objetivo, até porque eu estive no Chile no início de Junho, período em que a neve está começando a se formar.

Antes de chegar a Santiago pesquisei bastante várias agências de turismo que fazem passeios para as estações de ski e a que mais me agradou foi a Enotour. Não era a opção mais em conta, porém em um dia o tour chamado Nieve & Vino: Valle Nevado, El Colorado y Farellones; incluía visitas a três estações de ski, guia turístico, degustação de 2 vinhos e 1 garrafa de vinho por pessoa. Como eu não conhecia nada e meu tempo era curto, achei a melhor opção.

A van passou no hotel por volta das 8h da manhã e em menos de 1 hora fizemos a primeira parada ainda em Santiago numa loja de aluguel de roupas para neve. O guia explicou que a temperatura lá nas montanhas poderia chegar a -4 Cº e aconselhou roupas térmicas.

Pelas fotos abaixo, dá para ter noção do que foi meu passeio. Olhem só!

·

Valle-Nevado_carinacosta_1

Aqui, o endereço da loja de ski. Várias vans de agências de turismo param lá.

Valle-Nevado_carinacosta_2

Os donos da loja são brasileiros, eles aceitam tanto Pesos chilenos como Real.

Não optei por alugar a roupa completa, já que fui bem protegida. A única peça que não abri mão foi a bota própria para neve e não me arrependi! É fundamental uma bota impermeável, mesmo que por pouco tempo. Custou cerca de R$ 40,00.

Neste mesmo shopping há uma farmácia. O guia recomenda comprar água e chiclete, o ato de mascar ajuda a não enjoar com as curvas extremamente tensas!

Pra mim ajudou muito, recomendo mascar chiclete o caminho todo.

Valle-Nevado_carinacosta_3

Ainda no começo da estrada. A paisagem é de tirar o fôlego! Ao fundo, neve lá no topo.

Em contrapartida, a pista é mão dupla e as curvas são perigosas, exige muito cuidado.

Valle-Nevado_carinacosta_4

A primeira parada é o Valle Nevado. São ao todo 61 curvas até chegar nesta estação de ski!

Valle-Nevado_carinacosta_6

A van fica estacionada na entrada de alguns hotéis.

Este clique eu tirei onde tem um deck com vista, banheiros e um café.

Valle-Nevado_carinacosta_7

Não parece, mas é uma caminhada até aquela concentração de neve, viu?! A altitude dá os primeiros sinais de cansaço, lentidão, ouvido que dói e tudo mais, só que a sensação de estar lá é tão maravilhosa que tudo fica irrelevante!

Valle-Nevado_carinacosta_8

Os teleféricos não estavam funcionando ainda

Valle-Nevado_carinacosta_9

Fazendo pose, mas a real é que é muito difícil andar com esta bota!

Os tombos fazem parte do pacote!!

Valle-Nevado_carinacosta_10

Não tem filtro algum nesta foto. Muito perfeita, né?!

Aqui estava criando coragem pra subir (sem cair!), era íngreme e o vento estava forte.

Valle-Nevado_carinacosta_12

O tempo livre de aproveitar o Valle Nevado foi de mais ou menos 1h30min.

Só tinham brasileiros por lá.

Valle-Nevado_carinacosta_13

Abusei das fotos!

Valle-Nevado_carinacosta_14

Outra dica para estes momentos inofensivos é passar muito filtro solar no rosto antes.

Eu passei pouco e me dei mal! Apesar do frio, o sol é muito forte e em menos de uma semana meu rosto descascou todo!

Valle-Nevado_carinacosta_15

Valle-Nevado_carinacosta_16

Detalhe da bota. Com certeza eu me arrependeria se não a tivesse nos pés!

Eu fui com uma galocha achando que daria conta, mas quando vi na loja o quanto esta aí é reforçada, realmente não tem comparação!

Vi muita gente de tênis comum reclamando que mal dava para andar.

Valle-Nevado_carinacosta_17

No retorno a van, os ônibus lotados de turistas não paravam de chegar.

Me despedi com muita dó! Ficaria ali por pelo menos mais 1 hora para curtir sem tanta pressa.

Valle-Nevado_carinacosta_18

Aqui dá para ter ideia de como são as curvas. É muito estranho, não tem acostamento e nenhuma proteção!

Na alta temporada (começa no fim de Junho), dizem que o trânsito é intenso, principalmente no fim de semana.

Valle-Nevado_carinacosta_19

A pausa para o almoço foi em Farellones no restaurante deste hotel.

A distância do Valle Nevado para Farellones dá uns 15 minutos.

Valle-Nevado_carinacosta_20

Lá foi feita a degustação de vinhos: um branco e um tinto

Valle-Nevado_carinacosta_21

Dava para repetir mais de uma taça. O guia explicou como combinar, como degustar e tirou dúvidas.

O almoço foi a parte e não é barato. Em média, R$ 90,00 por pessoa.

Valle-Nevado_carinacosta_22

Em Farellones há casas e apartamentos de temporada muito charmosos.

Valle-Nevado_carinacosta_24

Após a degustação e o almoço, chegamos na última parada: El Colorado.

Também leva-se uns 15 minutos de Farellones a El Colorado.

Valle-Nevado_carinacosta_25

A neve estava bem alta. Uma delícia para brincar!

Valle-Nevado_carinacosta_26

Valle-Nevado_carinacosta_27

Em volta da entrada da estação, mais apartamentos com vista privilegiada para comprar e alugar.

Valle-Nevado_carinacosta_28

Amei demais a experiência! Fotos incríveis, paisagem de tirar o fôlego, tudo valeu a pena.

O passeio custou 32.000,00 pesos (cerca de R$ 155,00).

O retorno a Santiago foi muito tranquilo, a descida da Cordilheira dos Andes leva pouco mais de 1 hora.

·

·

·

Fotos: arquivo pessoal



COMPARTILHE:




Posts Relacionados

 


Comente no SLT





SLT ADORA!     •     FALE COM A CARINA     •     ANUNCIE




Licença Creative Commons

Sweet Little Tips de Carina Costa é licenciado sob uma
Licença Creative Commons Attribution-NoDerivs 3.0 Unported.
Based on a work at carinacosta.com.br.

desenvolvido por JMZDESIGN